O que é um seguro de colheitas?

Um seguro de colheitas permite proteger o rendimento dos agricultores face às condições climáticas menos favoráveis quando afetam as suas culturas.

Quais os riscos cobertos?

  • Incêndio com origem em fenómeno climático;
  • Ação de queda de raio;
  • Granizo;
  • Tornado;
  • Tromba-d’água;
  • Geada;
  • Queda de neve;
  • Nos cereais e leguminosas a cobertura de incêndio é protegida mesmo que não seja proveniente de um fenómeno natural.

A quem se destina?

O seguro de colheitas destina-se unicamente a agricultores ativos inscritos no IFAP, que sejam titulares de explorações agrícolas registadas no sistema de identificação pa celar (SIP). Incluí todas as culturas e regiões de Portugal menos as vinhas para vinho.

Qual o tipo de apólice a realizar?

Individual: Só um segurado

Coletiva: Quando o tomador é uma entidade coletiva que contrata o seguro de colheitas para todos os sócios que manifestam intensão de aderir ao seguro. O número minímo de adesões é de 5 agricultores.

Que tipo de culturas podem ser salvaguardadas ?

Podemos segurar 11 grupos de culturas que vão desde as promoideas (maçãs, pêras e marmelos) até ao girassol, passando por citrinos, frutos secos, azeitona, leguminosas, cereais etc.

Consulte aqui todas as culturas possíveis de segurar.

Jorge Marieiro
jorge.marieiro@marieiroplus.pt
+351 916 839 886